Home » Notícias » Batalhando pelas almas em Mianmar

Batalhando pelas almas em Mianmar

Postado em: 27 julho, 2017

Ex-soldado teve a vida poupada na guerra e, agora, como um dos líderes da igreja no país, se dedica a lutar pelas almas

Dentro do contexto budista, sabe-se que os seguidores da religião têm bastante afinidade com os “espíritos” e a batalha dos cristãos para pregar o evangelho aos birmaneses devotos é realmente intensa. Dano é um ex-soldado que teve a vida poupada durante a guerra e se dedicou a servir Jesus em Mianmar. Em seus 60 anos de idade, ele é um dos líderes da igreja no país. Como militar, ele teve experiência de lutar contra os rebeldes, mas agora, como soldado de Cristo, ele tem lutado pelas almas.

Recentemente, a equipe da Portas Abertas o visitou e teve uma longa conversa, ocasião em que Dano disse precisar de orações. Junto de sua família (esposa, dois filhos e três filhas), o líder se mostrou surpreso por ver que a equipe era composta por jovens. “Quando eu tinha a idade de vocês, eu estava lutando pelo Exército birmanês, contra os chineses”, disse ele. No campo de batalha, o líder lembrou que esteve em muitos combates, tiroteios e que perdeu muitos companheiros.

“Quero compartilhar sobre a minha primeira experiência na guerra. Eu estava na linha de frente e havia soldados experientes em minha frente e atrás de mim. Os inimigos nos emboscaram explodindo minas terrestres. Cento e vinte soldados novatos morreram e os dois experientes também, e eu vi tudo. Fui um sobrevivente e sabia que estava vivo por causa da proteção de Deus”, testemunhou. “Deus preservou minha vida para um propósito, pois a Bíblia diz que ele protege os escolhidos. Eu creio que ele me poupou para servir o seu povo”, reconhece.

Atualmente, Dano é líder na igreja em Mianmar e descreve sua luta para resgatar vidas entre os budistas como uma verdadeira guerra espiritual. Mianmar é a 28ª nação na atual Lista Mundial da Perseguição, onde menos de 10% da população é cristã. A pressão sobre aqueles que se decidem pelo cristianismo aumentou consideravelmente no último ano e os desafios enfrentados também. Ore pelos nossos irmãos birmaneses.

Fonte:Portas Abertas, 26/07/17, as 9:57

Direitos Reservados

Assembleia de Deus em Matinhos

Desenvolvido por Melgus